Jair Naves

InstagramInstagram

Sobre o novo album

é ofuscante a beleza que eu vejo

Ofuscante a beleza que eu vejo é o novo disco do músico, cantor e compositor Jair Naves. Produzido por ele em parceria com o engenheiro de som e amigo de longa data Zeca Leme (BTG Estúdio), o álbum é o quarto trabalho cheio da carreira solo do artista. Composto por treze faixas - algumas delas previamente divulgadas como singles em 2021 -, Ofuscante a beleza que eu vejo é um álbum denso, que aposta em texturas e sobreposições vocais para realçar a estética sonora da obra. Produzido de maneira remota, com poucos encontros presenciais em estúdio - afinal, todo o processo ocorreu durante o período de distanciamento social provocado pela pandemia da Covid-19 -, o projeto revela composições de cunho melancólico e bastante íntimas de Jair, que compôs a maioria das canções mergulhado no contexto preocupante que a pandemia gerou no Brasil e no mundo. “O primeiro ano e meio da pandemia, aliado ao desenrolar desastroso da jornada desse governo federal, me trouxe sentimentos que eu nunca tive antes no que diz respeito à dúvida existencial, do por quê ainda seguimos, dos motivos pelos quais devemos crer que a vida compensa. E eu me propus um exercício de analisar o que está além dessas figuras deploráveis.

Afinal, por que seguir?
O que você vê quando olha para o quadro geral do mundo, do que é o mundo para você, das pessoas que você ama e que te amam, dos momentos em que você não sente nada além da satisfação por estar vivo? A ‘ofuscante a beleza que eu vejo’... Mesmo inserindo no quadro os percalços e monstruosidades que surgem da mentalidade abjeta que tomou conta do Brasil, tendo em mente todo o resto, fica nítido que isso tudo é pequeno perto do amor, da bondade, de tudo aquilo que nos define e nos prende a esse mundo”, reflete o artista.

Brazil's Jair Naves releases "Ofuscante a beleza que eu vejo"

The award winning artist has been an influential presence in the Brazilian underground scene.

Award winning artist Jair Naves releases new album "Ofuscante a beleza que eu vejo", which translates to “Blinding is the beauty that I see”.

The new album comes out three years after the release of Naves' third LP, “Rente”, which was hailed as one of the best Brazilian records of 2019 by the APCA (Union of Arts Critics of São Paulo) and several other publications including Rolling Stone Brasil and Folha de São Paulo .

Living between São Paulo and Los Angeles, the singer-songwriter has been an influential presence in the Brazilian underground scene for the last fifteen years, both as the leader of the cult post-punk band Ludovic and as an acclaimed solo artist.

Jair Naves Jair Naves Jair Naves Próxima seção

Jair Naves

O músico, compositor e cantor Jair Naves é um dos principais nomes da cena autoral brasileira contemporânea. Aos 17 anos começou na música integrando a banda Okotô. Na sequência, foi vocalista e um dos fundadores da Ludovic, cultuada banda do cenário independente e com a qual ele viajou por diferentes cantos do Brasil. Anos mais tarde se lançou na carreira solo, cuja discografia é formada pelos EPs “Araguari” (2010) e “Atirado ao Mar” (2015) e pelos discos “E Você Se Sente numa Cela Escura, Planejando a Sua Fuga, Cavando o Chão Com as Próprias Unhas” (2012) - vencedor na categoria Revelação do Prêmio da APCA em 2013 - e “Trovões a Me Atingir” (2015). Após o lançamento de “A Flash of Feeling” (2018), álbum feito junto à cantora estadunidense Britt Harris, Jair colocou seu terceiro disco solo no mundo, “Rente”, de 2019. Dois anos depois ele retorna com “Ofuscante a Beleza que Eu Vejo”, quarto disco de sua carreira individual e que foi produzido por ele em parceria com Zeca Leme (BTG Estúdio).

Próxima seção
Spotify

Discography

Jair Naves Albums

Ofuscante A Beleza Que Eu Vejo Rente Trovões A Me Atingir E Você Se Sente Numa Cela Escura, Planejando A Sua Fuga, Cavando O Chão Com As Próprias Unhas

Jair Naves Singles

Breu Vai Boni Bonita Todo o Meu Empenho A Era do Cinismo Irrompe(É Quase um Milagre Que Você Exista) Deus Não Compactua Veemente Atirado ao Mar Um Passo por Vez Araguari

Ludovic

Inexorcizável (Um Zumbido Ensurdecedor) Idioma Morto Servil

Naves Harris

A Flash of Feeling If So Immaculate Sinners / Sleep NavesHarris

Newsletter

Voltar ao topo